top of page

CLÍNICA DA CRIS ROZEIRA: UMA OPORTUNIDADE DE OURO!


Família reunida ao lado de Cris Rozeira

Mana, olha onde a minha filha tá! Eu estava encantada e não foi à toa, a minha filha Eloá Fernandes Faroni junto com mais duas meninas negras, foi selecionada pela Afro Esporte para participar de um dia de treinamento na Clínica Cris Rozeira. E de fora, vendo aquela cena, parecia um sonho, mas eu estava bem acordada e posso afirmar: aquele domingo de sol foi memorável!


Por questões econômicas e financeiras, é muito comum ver uma presença massiva de crianças brancas em peneiras e clínicas de futebol. Com o compromisso de democratizar o acesso ao esporte, a Afro Esporte assumiu o desafio junto ao time da Cris de levar crianças negras para clínica através de vagas gratuitas para meninas negras, e foi assim que tudo aconteceu.


Chegamos no local e o olho da minha filha brilhou. Muitas crianças no mesmo lugar, com a mesma paixão, o futebol, e a maioria meninas, o que é um bom indício da evolução do futebol feminino e uma grande novidade para ela, já que em sua escola costuma ser uma das poucas meninas.


Aos poucos, Eloá se entrosava. Recebeu um kit de uniforme, com garrafinha e lanche, um tratamento vip. Começou a se sentir à vontade com tantas meninas que gostam de futebol, assim como ela. E claro, não tirava os olhos da Cris: “Mãe, ela está ali, olha, acho que ela vai jogar com a gente! ”.

Eloá feliz e animada

Eu, como mãe, estava encantada. Vê-la ali, empolgada e se dedicando ao sonho, foi algo surreal. Por vários momentos eu me emocionei: no vestiário vendo ela colocar o uniforme, quando ela entrou no campo, quando a Cris Rozeira começou a apresentar o dia. E quando eu pensei que era somente eu quem estava nessa emoção, olho para o paizão Fabio Faroni sem perder um lance gravando um vídeo, se equilibrando na grade e enxugando as lágrimas.


No início, as crianças e adolescentes foram separadas por idade e logo começaram o treino debaixo de um sol que mais parecia verão. E eu olhava para mãe e pais, todos procurando um resquício de sombra, para acompanhar com olhos atentos a desenvoltura da criançada.


O público-alvo eram crianças de 08 a 14 anos, mas a metodologia passava longe de ser amador. A Cris trazia uma força na voz, com comandos, conselhos, técnicas e dicas que só alguém que vive e tem paixão pelo esporte pode dar e que vai fazer toda diferença na vida daquelas crianças. Era como beber água direto da fonte.


A Clínica dispõe de vários tipos de bolas, de traves, de cones, uma diversidade de equipamentos que eram colocados nos devidos lugares pelos professores e técnicos que fazem parte da equipe. Todos profissionais do mais alto padrão, dispostos e disponíveis para ter aquele contato com a nova geração de crianças como a minha filha que, com a orientação adequada, investimento e o talento natural pode ser o futuro do futebol.


O momento mais emocionante

Cris e Eloá abraçadas, um momento único

Para Eloá, o ponto alto do dia foi a instrução que ela recebeu diretamente da Cris. Ela estava treinando corrida e velocidade, quando a jogadora chegou ao lado dela e aconselhou Eloá a olhar para frente e correr com os braços rente ao corpo e com postura alinhada. Eu e meu marido, de fora do campo, não acreditávamos que isso estava acontecendo.


“Mãe, quando ela chegou perto e foi me corrigir, eu me tremi toda, porque não é todo dia que uma atleta de ouro dá uma dica para alguém! Nunca vou esquecer o que ela me disse.” Essas foram as palavras de uma menina de apenas 13 anos.

Ficamos como quem sonha, de boca aberta. A atenção, o carinho e a dedicação da Cris eram naturais de quem estava conectando o amor pelas crianças com a paixão pelo futebol. E o resultado de algo feito com verdade e amor é sempre bom.


“Não se deixe abater se você é uma das poucas meninas do seu time, treine sua corrida, não desista do futebol e você vai estourar! ”. Esse foi o conselho da Cris Rozeira, embalando minha filha em um abraço cheio de conforto, encorajamento e força para continuar. A Cris nem imagina, mas aquela mensagem não era apenas para Eloá e sim para TODAS as meninas negras do Brasil que sonham em viver do futebol.

Eu tenho certeza que poderemos contar com a Afro Esporte em qualquer situação para que a Eloá trilhe os caminhos do futebol feminino.


Vamos em frente criando mais oportunidades para meninas negras no futebol.


Por mais dias como esse!

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Aug 11, 2023
Rated 5 out of 5 stars.

QUE MOMENTO! senti a emoção descritas nestas palavras... Movimento super importante para as meninas pretas <3

Like
bottom of page